terça-feira, 8 de abril de 2014

Em quatro anos, índice de mortalidade infantil de Itanhaém cai 32,1%

A Cidade é hoje uma referência sobre os baixos índices de mortes prematuras após o nascimento.

Segundo levantamento feito pelo Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) e Nascidos Vivos (SINASC) o índice de mortalidade infantil em Itanhaém apresentou queda de 32,1% em quatro anos. Quando os números mostrados pelo Município em 2013 são comparados com os dados gerais de toda a Região Metropolitana da Baixada Santista (RMBS), o índice cai para 39%. A Cidade é hoje uma referência sobre os baixos índices de mortes prematuras após o nascimento.

Itanhaém será lembrada durante o Seminário de Prevenção e Redução da Mortalidade Materno Infantil na Região da Baixada Santista, devido ao importante papel desempenhado que garantiu o melhor quadro de redução, em comparação com as outras cidades da região. O encontro será no próximo dia 15 deste mês e abordará soluções para a redução no número de casos de mortalidade entre recém nascidos em toda a Baixada Santista, sendo a região portadora dos piores índices do Estado.

O evento será no Sesc Bertioga e começará a partir das 8h. O endereço é Rua Pastor Djalma da Silva Coimbra, 20, Jardim Rio da Praia – Bertioga – SP.


Os dados divulgados são dos quatros anos consecutivos, 2010, 2011, 2012 e 2013.

BertiogaCubatãoGuarujáItanhaémMongaguá
   **
Peruíbe
    **
Praia GrandeSantosSão VicenteRMBS
8,49,119,314,323,18,312,513,719,315,2
14,814,123,114,111,519,913,612,619,816,8
16,817,119,715,720,98,41413,315,915,8
20,122,221,49,73,110,414,512,11716,9
**Mongaguá e Peruíbe estão sem acesso ao atendimento nas maternidades.
Postagem Anterior
Proxima Postagens

Postado Por:

0 comentários: