sexta-feira, 5 de julho de 2013

Auxílio Jurídico Gratuito na ONG DCM. Confira!


Postagem Anterior
Proxima Postagens

Postado Por:

Defesa e Cidadania da Mulher é uma organização não governamental de Praia Grande/SP, nomeada Utilidade Pública e sem fins lucrativos. Desde 2005, atuamos nas bases: social, educacional, profissionalizante e cultural, destinadas à conscientização, assistência e amparo às mulheres de qualquer idade, raça ou religião, possibilitando-a que esta exerça a sua cidadania de forma consciente, visando na erradicação da Violência Doméstica.

2 comentários:

  1. comprei um apartamento,financiado pela caixa junto com a minha ex namorada, pois somente com a minha renda ficaria uma entrada muito alta ou uma prestação que eu não poderia assumir,portanto o nome dela junto com a renda fizeram parte do contrato. Eu paguei a entrada e ela pagou a taxa de obra para construtora. Agora na entrega das chaves desmanchamos o namoro,deixando bem claro que eu na casa dos meus pais e ela na casa dos pais dela, nós nunca passamos uma noite juntos no mesmo teto. Temos uma poupança juntos na caixa para que conseguíssemos o financiamento. Tenho que pagar a primeira prestação do apartamento e a taxa de condomínio e entramos num impasse. Ela quer metade do valor do apartamento se eu vende-lo. Mais eu gostaria de ficar com ele e pagar a parte dela que é o valor da taxa de obras e retirar o nome dela do financiamento assim eu assumiria sozinho o complemento da entrada ou a prestação mais pesada.Daria também metade do valor da poupança.Ela insiste que tem direito a metade do que ainda nem começou a ser pago. Por favor me diga o que devo fazer. Qual é realmente o direito dela, pois não tivemos convivência conjugal.

    ResponderExcluir
  2. BOA NOITE SRS!

    Venho por meio deste email pedir ajuda, gostaria de saber se existe alguma maneira de requerer um auxilio de pensão alimentícia ou algum dano moral ou emocional.
    Pois tenho 42 anos e sou dependente de remédios há mais de 8 anos, por depressão e conseguir achar o meu Pai verdadeiro onde o mesmo tem uma boa condição financeira e nunca se quer me deu nada e nenhum tipo de amor ou auxílio ou estudo e nada.
    Eu fiz um D.N.A onde informa que 99,9 % que ele é meu Pai Biológico e mesmo assim ele não me registrou e não me dá atenção e nem nenhuma atenção e em 2011 perdi uma filha por Suicídio e já por várias vezes tentei também o mesmo e fico muito abalado emocionalmente por saber que ele tem uma família e nem liga para mim.
    Gostaria de saber se eu tenho algum jeito de requerer alguma coisa dele mesmo depois de tantos anos, até mesmo porque não foi culpa de minha mãe ele ter fugido e eu só achar ele depois destes anos, fiz o DNA em 2010
    Apesar que a Lei hoje mudou muitas coisas, e por eu ser um pouco leigo, não sei se existe alguma maneira de eu ter meus direitos de Filho e auxílio Psicológicos e Emocionais, a Lei hoje quando o Pai como eu que tenho agora só um Filho de 11 anos que mesmo sem condições de pagar a pensão dele, já fui até preso, me obrigam a pagar a pensão dele, e se eu não pagar a Justiça passa a cobrar da minha mãe.
    Me ajudem em nome de Jesus por favor.

    Muito obrigado meu celular 13-98129-7448

    ResponderExcluir