quarta-feira, 26 de outubro de 2011

TEMPORADA - Sabesp garante o abastecimento de água durante a temporada em Praia Grande

De A Tribuna On-line
Créditos: Divulgação


A Cidade de Praia Grande não sofrerá com falta de água na temporada de verão. É o que garante o superintendente da Sabesp na Região Metropolitana da Baixada Santista, João César Queiroz Prado. A informação foi divulgada durante a 147ª reunião ordinária do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista – Condesb, em Mongaguá, nesta terça-feira.

Prado fez uma explanação sobre os investimentos na Baixada Santista, na área de saneamento, e falou sobre o Plano Verão, com ações preventivas e corretivas.

Entre as ações da Sabesp para a região, durante a temporada de verão, estão previstos: atendimento com motos em no máximo 30 minutos; equipes de manutenção eletromecânicas descentralizadas; plantão 24 horas de 315 empregados (próprios e terceirizados); monitoramento de pressão (on-line) e do nível dos reservatórios; agencias com horário ampliado de atendimento, inclusive aos sábados, no período de 26 a 31 de dezembro de 2011, e agencias itinerantes (atendimento nos bairros).

Praia Grande

Há propostas de ampliação dos serviços em Praia Grande, com a instalação de reservatório no Canto do Forte. Está sendo estudada uma área adequada no bairro, mas isto, segundo a Sabesp, não vai interferir no abastecimento de água.

“Com os investimentos na estação de tratamento de Mambu, atendendo de Peruíbe até a área continental de São Vicente, melhorará ainda mais o abastecimento de água na região, principalmente da Praia Grande, onde foi construído o Centro de Reservação Melvi, que reforçou o abastecimento para aquela área”, disse Prado.
Postagem Anterior
Proxima Postagens

Postado Por:

Defesa e Cidadania da Mulher é uma organização não governamental de Praia Grande/SP, nomeada Utilidade Pública e sem fins lucrativos. Desde 2005, atuamos nas bases: social, educacional, profissionalizante e cultural, destinadas à conscientização, assistência e amparo às mulheres de qualquer idade, raça ou religião, possibilitando-a que esta exerça a sua cidadania de forma consciente, visando na erradicação da Violência Doméstica.

0 comentários: