quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Dia Mundial Sem Carro convoca cidadãos a utilizarem meios de deslocamentos sustentáveis

Fonte: Notícia da Ecoagencia
Um carro movido a gasolina, com motor 1.0, consome 71,43 litros em mil quilômetros, gerando emissão de 170 Kg de CO2, conforme divulgado pelo Instituto Humanitas Unisinos (IHU)

Bicicleta, caminhada, transporte público ou carona solidária. Dentre tantas opções, não será difícil deixar o carro na garagem no Dia Mundial Sem Carro, que acontece nesta quinta-feira, 22 de setembro. A data propõe uma reflexão global sobre o uso do carro como meio de deslocamento e expressa o compromisso da sociedade com a melhoria da qualidade ambiental, por meio da redução de emissão de CO2. Cidades em todo o mundo programam atividades para marcar a data.
Um carro movido a gasolina, com motor 1.0, consome 71,43 litros em mil quilômetros, gerando emissão de 170 Kg de CO2, conforme divulgado pelo Instituto Humanitas Unisinos (IHU), uma das instituições brasileiras a aderir à Campanha. Criado em 1997, em cidades européias, o Dia Mundial Sem Carro cresce em alcance a cada ano, embora seja difícil contabilizar as cidades participantes.

De acordo com Carlos Bitencourt, responsável pelo setor de negócios e publicidade do site Carona Solidária, o número de ofertas e adesões de caronas durante o Dia Mundial sem Carro aumenta aproximadamente 35%. "Se esse crescimento fosse mantido durante todo o ano, seria fantástico”, afirma. Ele avalia a campanha como uma iniciativa interessante, mas que precisa ter uma continuidade ao longo do ano.

O Carona Solidária funciona como uma ferramenta online que proporciona o encontro de pessoas que realizam o mesmo percurso e podem ofertar ou pedir uma vaga no carro. Prefeituras e empresas já aderiram à ideia e disponibilizam o site em seus sistemas, divulgando a ação como um dos serviços oferecidos pela instituição. "No Dia Mundial Sem Carro, o site funcionará como um instrumento mediador para a promoção de caronas”, explica Carlos.

Ao aderir à Campanha, os participantes ajudam a reduzir a emissão de CO2, poupam recursos não-renováveis, diminuem congestionamentos, reduzem riscos de acidentes e ainda economizam com combustível, estacionamento, etc. Além disso, praticam atividade física, nos casos da caminhada ou da bicicleta, e tem a possibilidade de conviver com novas pessoas, através do transporte público ou carona solidária.

O Dia Mundial Sem Carro também contará com a participação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). A Universidade realiza a Campanha 10:10 Unisinos desde 10 de outubro de 2010, tendo como meta a melhoria da qualidade ambiental do campus e a redução de 10% na emissão de CO2. "Nesse contexto, chamamos a todos que possam empenhar-se para novas experiências de relações sociais e ambientais na semana de 20 a 25 de setembro”, convoca a instituição.

Programações

Na cidade de São Paulo, a Rede Nossa São Paulo está realizando a Semana da Mobilidade. Até o dia 24, vários eventos convidam o público à reflexão sobre o uso do espaço público. Já no Rio de Janeiro, a ideia foi a distribuição de um bilhete único para utilização no transporte público no dia 22. O bilhete foi entregue na residência dos motoristas que se cadastraram.
Em Fortaleza, no estado do Ceará, dentre outras atividades, será realizado um desafio intermodal, saindo do Paço Municipal, no centro da cidade, às 17h30min. A proposta do desafio é que vários meios de transporte realizem determinado trajeto em horário de pico para verificar qual atinge menor tempo, com menor interferência ambiental. Várias cidades realizam o desafio, que tem a bicicleta como a principal vencedora.
Uma das atividades realizadas no México, no dia 25 de setembro, será o Primeiro Encontro Bicicultural por um México Melhor. Já no Equador, além da busca de adesões para o dia 22, a programação contará com exposições, shows musicais em praça pública, debates acadêmicos, fóruns com autoridades, dentre outras atividades.
No Peru, por sua vez, será realizada uma Grande Mobilização de Usuários de Bicicleta no dia 24 de setembro, a partir das 10 horas, na Avenida Arequipa. O objetivo principal da atividade é entregar ao município de Lima o Pacto das Rodas, que contém pontos de reivindicação a serem entregues às autoridades peruanas.

0 comentários:

Postar um comentário