sexta-feira, 17 de junho de 2011

Gestantes devem redobrar cuidados com doenças bucais

Inflações na gengiva aumentam chances de parto prematuro

A gestação causa algumas alterações no organismo, sintomas como enjôo e vômitos são frequentes em qualquer gestante e apesar de causar certo incômodo são considerados processos naturais durante o período. A alteração de hábitos alimentares pode levar ao agravamento ou aparecimento de doenças
bucais como periodontite - infecção nos ossos e nas fibras que sustentam os dentes; e gengivite - inchaços e sangramentos na gengiva, que causam mau-hálito, pus, amolecimento e mudança na posição dos dentes.


Segundo Dr. Eduardo Rollo Duarte, dentista e periodontista especialista em próteses, as gestantes devem redobrar os cuidados com a higiene bucal. “O acúmulo da placa bacteriana é responsável pelo aumento de cáries e gengivites, essas infecções podem elevar as chances de um parto prematuro”. Inflamações bucais levam o corpo a produzir substâncias que podem causar contrações no útero o que pode antecipar o nascimento do bebê.


A alteração hormonal durante a gravidez altera as fibras da gengiva, o que pode facilitar o acesso das bactérias que provocam a gengivite. Para evitar a inflação alguns cuidados devem ser tomados.


Cuidados com a odontologia da mulher


- Controle da gengiva - a partir da puberdade. As alterações hormonais que ocorrem na mulher podem provocar a gengivite pós-puberal ou gengivite da puberdade.

- Controle da gengiva em grávidas - Muito se fala sobre os cuidados que a mulher grávida deve ter com os dentes para prevenir a cárie. O que pouco se explica é que as alterações hormonais durante a gravidez podem provocar a gengivite gravídica ou da gravidez, que traz sequelas para a gengiva e para o osso periodontal, com reabsorção óssea irreversível, alterações estéticas e funcionais. “Este tipo de inflamação pode provocar o nascimento pré-maturo e de baixo peso do bebê”, explica Dr. Eduardo.

É ideal que toda mulher em idade fértil consulte seu ginecologista, mas também um dentista periodontista, pois se ela tiver gengivite, corre o risco de ter a gengivite exacerbada durante a gravidez, podendo gerar bebê
prematuro e de baixo peso.

Problemas relacionados a distúrbios do sono devem ser alvo de cuidados especiais tanto em homens quanto em mulheres. As visitas ao dentista devem ser regulares, além da preocupação com a ingestão de alimentos e qualidade de vida. Além disso os cuidados básicos não pode ser esquecidos: Escovação dos dentes após as refeições; uso de fio dental;  de enxaguatório bucal, que ajudam na diminuição de bactérias;

Ingestão de alimentos balanceados, que contenham vitamina B e cálcio;

Evitar ingestão de alimentos com alto índice de carboidratos, dar preferência para frutas e vegetais;

0 comentários:

Postar um comentário