terça-feira, 9 de novembro de 2010

ANEL e Instituto Consulado da Mulher fecham parceria para Empreendimento Social no Guarujá

Fonte: Da Redação
Foto: Divulgação

O projeto tem por objetivo a construção de uma lavanderia comunitária

A Associação Nacional das Empresas de Lavanderia (ANEL) e o Instituto Consulado da Mulher, ação social da Consul acabam de fechar uma parceria para auxiliar no desenvolvimento do Projeto Lavanderia Solidária, que será implantado no bairro Vicente de Carvalho localizado no Guarujá, litoral de São Paulo.

O projeto tem por objetivo a construção de uma lavanderia comunitária, que além de oportunizar geração de renda para mulheres da região, fará capacitação de profissionais para esse segmento do mercado de trabalho.

O projeto de construção civil está sendo desenvolvido com o apoio da ANEL, que também irá contribuir com a capacitação para as mulheres beneficiadas e o fornecimento de pesquisas e avaliações de mercado para otimizar o atendimento da lavanderia.

Já ao Consulado da Mulher, caberá a implementação do projeto, que conta com a participação dos trainees corporativos da Whirlpool S.A. (mantenedora do Consulado), os quais estão responsáveis pela definição do plano de negócios do empreendimento.

"Parcerias com instituições de referência como a ANEL são muito importantes para complementar a iniciativa social do Consulado, e só reforçam a consistência dos resultados que a nossa metodologia de assessoria entrega. Estamos totalmente abertos a parcerias como esta, com entidades civis, da iniciativa pública ou privada, que possam aportar recursos e conhecimentos para tornar realidade a transformação social daquela comunidade." afirma Leda Böger, Diretora Executiva do Consulado da Mulher.

O Instituto Consulado da Mulher é uma ação social da marca Consul, que oferece assessoria a mulheres de baixa renda e pouca escolaridade. O objetivo é que, com sua atividade empreendedora, possam gerar renda e proporcionar melhores condições de vida a elas e suas famílias.

O Consulado da Mulher conta com uma metodologia própria de assessoria a empreendimentos populares, reconhecida pela Fundação Banco do Brasil, UNESCO e KPMG como uma tecnologia social, replicável, eficaz e que entrega os resultados aos quais se propõe.

Presente em 13 estados do País, o Consulado da Mulher assessora 174 empreendimentos populares, beneficiando diretamente 1.344 mulheres e suas famílias. Desde sua fundação, em 2002, o Consulado já beneficiou mais de 25 mil pessoas.

Em 2010, o Consulado da Mulher foi escolhido pela Clinton Global Initiative (CGI), do ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, para participar do encontro anual, em Nova York, e expor seu modelo de atuação. O Encontro Anual da CGI é reconhecido por reunir, entre outros participantes, chefes de Estado, vencedores de prêmios Nobel da Paz, executivos, líderes de ONGs de atuação mundial e formadores de opinião para planejar projetos específicos de enfrentamento dos desafios econômicos, ambientais e sociais mais urgentes da atualidade.
Postagem Anterior
Proxima Postagens

Postado Por:

Defesa e Cidadania da Mulher é uma organização não governamental de Praia Grande/SP, nomeada Utilidade Pública e sem fins lucrativos. Desde 2005, atuamos nas bases: social, educacional, profissionalizante e cultural, destinadas à conscientização, assistência e amparo às mulheres de qualquer idade, raça ou religião, possibilitando-a que esta exerça a sua cidadania de forma consciente, visando na erradicação da Violência Doméstica.

0 comentários: